sábado, 12 de março de 2011

Momentos...

MOMENTO I

Vida* entrou em casa super feliz. Estava trazendo dois livros da biblioteca e pretendia ainda os ler no final de semana. Como era bom ter 8 anos! Sem preocupações graves, os estudos indo super bem, amigos, passeios, presentes...Claro, nem tudo era perfeito...tinha os seus pontos negros. Mas o futuro ainda estava por vir e as esperanças brotavam a cada dia. Olhou sobre a mesa e viu a sua obrigação diária: papel de desenho caríssimo e giz de cera importados. O pai havia sismado que ela tinha o dom para desenhar e todos os dias Vida precisava fazer um desenho. Sentou-se de má vontade e rabiscou qualquer coisa, fazendo uma pintura bem colorida. Depois, trocou de roupa e deitou-se na cama com um dos livros. Algum tempo depois, o pai chegou...era o dia dele trabalhar à noite na Rádio. A mãe ia chegar mais tarde...Após entrar no quarto da filha e dar uma olhada nada satisfeita no desenho, o pai comunicou que a mãe iria sair com os amigos do trabalho e que iria voltar tarde. Vida não ficou nem um pouco chateada. Já estava acostumada à intensa vida social dos pais e não gostava de babás. Tinha medo sim, mas pretendia ler até a madrugada e assim, o medo diminuía. Foi aí que o pai disse que havia trocado a sua noite de trabalho com uma colega. O coração da Vida congelou...já sabia perfeitamente o que isso significava...Como moravam numa espécie de flat (prédio somente para os estrangeiros), havia um restaurante no térreo, onde a Vida adorava comer. O pai convidou-a para jantar no restaurante e também a ver um filme de Charles Chaplin que iria passar à noite. Apesar das promessas, o coração da Vida estava pesado. Após o jantar e o filme, veio o inevitável: ordem de deitar-se ao seu lado na cama e aceitar as carícias. Vida viajou na imaginação, para não sentir tanto. Logo adormeceu e, de madrugada foi acordada pelo pai, para voltar ao quarto, já que a mãe ia chegar...

* O nome foi trocado, mas a história é totalmente real...

Nenhum comentário:

Postar um comentário