quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Até quando???

Repórter Record - 25/01

O juiz absolve, no interior do Ceará, o pai que engravidou a filha. Para ele (o Juiz), foi a filha de 11 anos que seduziu o pai. Hoje, o menino tem 09 anos e eles já tem mais uma menina de 04. A filha perdoou o pai, eles moram juntos e ela diz que leva uma vida normal. A mãe abandonou os dois. O pai foi preso somente agora e o juiz, Godenberg de Moraes, continua atuando na cidade. Até quando?

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

A vida é o dever, que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas!

Quando se vê, já é sexta-feira...

Quando se vê, já é Natal...

Quando se vê, já terminou o ano...

Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida...

Quando se vê, passou-se 50 anos!

Agora, é tarde demais para ser reprovado...

Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.

Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas...

Seguraria o amor, que está muito à minha frente, e diria que eu amo...

Dessa forma, eu digo: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.

A única falta que terá, será a desse tempo que infelizmente...

”Nunca mais voltará.”

(Mário Quintana)

sábado, 16 de janeiro de 2010

Mundo Paralelo

Enquanto eu me "escondi" do mundo, digerindo o meu drama, eu nunca havia visto, entrado em alguma comunidade que abordava abuso sexual.
Ao abrir o meu blog e orkut, procurei as comunidades e fiquei horrorizada com o mundo paralelo que encontrei. Histórias de arrepiar. Pessoas se "afogando" em depressão e, muitas delas, em auto piedade. Pessoas que passam a vida somente focando o acontecido e deixando de viver, se abandonando. É muito, muito triste e degradante. Cada história é cada história. Alguns, como eu, lutaram, casaram, montaram sua família e tentam, de alguma maneira, sobreviver, apesar das doenças e da depressão. Outros, simplesmente pararam no tempo e vivem focadas no passado. No geral, todos nós temos uma coisa em comum: a tortura emocional, a vergonha e a depressão. Só que não podemos viver para sempre num mundo paralelo. É preciso voltar ao mundo real e lutar. Não podemos mudar o passado e não é sentindo pena de si mesmo que construiremos o futuro. O mundo paralelo nunca deixará de existir. É o mundo da violência, do abuso, das drogas, da rejeição. E não podemos deixar que as pessoas o esqueçam. Devemos sim mostrar às pessoas que é possível sair dele. Nunca abaixar a cabeça e aceitar certas situações. Sempre tentar mostrar o nosso lado forte e batalhador.
Nunca, na minha vida, pensei que fosse encontrar situações tão degradantes, tão horripilantes. E são essas situações que me instigam a lutar não só por mim, mas por essas pessoas. E mostrar a elas que a vida tem momentos bons e que, por mais dolorido que é, somos pessoas "especiais", que estamos aqui para mudar algo, para ajudar e ensinar, e que mesmo na dor, há esperança.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Dicas de Livros do Mês de Janeiro:

1. Olhai os Lírios do Campo - Érico Veríssimo
2. As Meninas - Lygia Fagundes Telles
3. O Paraíso das Damas - Émile Zolá
4. Anna Kareninna - Tolstói
5. Uma Breve História do Século XX - Geoffrey Blainey

Leiam esses livros. Eles exaltam as mulheres e mostram como as mulheres, mesmo sendo frágeis, são firmes e determinadas!

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

DEFICIÊNCIAS (Mário Quintana)

Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive sem ter consciência de que é dono do seu destino.
Louco é quem não procura ser feliz com o que possui.
Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só têm olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou apelo de um irmão, pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
Mudo é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
Paralítico é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.
Diabético é quem não consegue ser doce.
Anão é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
Miseráveis são todos que não conseguem falar com Deus. "A amizade é um amor que nunca morre".

Já fui "muda" e estou tentando deixar de ser "deficiente", "louca". Graças a Deus nunca cultivei as outras deficiências!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Filhas do Silêncio II

Por que "Filhas do Silêncio"? Porque na minha época, anos 70 /80, as filhas tinham de manter o silêncio. O sexo era um tabu. Ser abusada pelo pai, era mais ainda. Sua mãe saber disso e não fazer nada (a não ser te culpar por tudo e te rejeitar) era o fim. A quem procurar? Com quem falar? Quem acreditaria em você, mesmo com todas as evidências? É triste constatar que tantas pessoas desconfiavam, mas deixaram passar. Como eu disse no meu primeiro texto: nós, meninas, crescemos e passamos dos 40. Muitas de nós sem conhecer os prazeres sexuais, sem conhecer o que é a paixão, o que é o amor. E eu pergunto: é justo? Muitas de nós com depressão, doenças físicas causadas por doenças emocionais, gordas, descuidadas, com baixa estima. E eu pergunto: o que está sendo feito por nós? E respondo: nada! Quantas de nós poderiam agora estar felizes, realizadas? Com certeza, com ajuda, muitas. Por que se fala tanto da violência contra a mulher e se deixa escapar a pior de todas: a indiferença da sociedade. Quantas cometeram suicídio, mesmo sendo involuntário? Não há estatísticas. E o pior e mais triste é que sinto que esse assunto continua sendo um tabu; as pessoas fogem, não sabem estender a mão. Fala-se tanto em ajuda, em voluntariado. É fácil quando se tem oportunidade! E quando não há essa mesma oportunidade? O que acontece? É fácil: viramos "filhas do silêncio" e continuamos a caminhar na nossa dor e solidão.

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Pensamentos II

"Quem conhece os outros, é inteligente.
Quem conhece a si mesmo, é ilumunado.
Quem vence os outros, é forte.
Quem vence a si mesmo, é invencível."

Lao Tse

Prece da Serenidade

Senhor:

Dá me serenidade para aceitar tudo aquilo que não possa ser mudado.
Dá-me forças para mudar o que possa e deva ser mudado.
Mas, acima de tudo, Senhor, dá-me sabedoria para distinguir uma coisa da outra.


Força
Wilson Trópia

Tenha ânimo forte.
Não desista. Persista.
Imite a corrente de água que escoa sem cessar, apesar dos empecilhos da marcha.
Agora, hoje, ou amanhã, sorria sempre.
Sorrindo, não há mágoa que possa subsistir no seu coração.
Esforce-se. Recorde que a vitória, para ser verdadeira, precisa ter sido difícil.
Ama o mais que possa. Com amor, será mais fácil você vencer as dificuldades.
Lutar, continuar sempre, é saber desfrutar o verdadeiro valor da vida.

Acho que depois disso, não há muito que comentar!