domingo, 1 de setembro de 2013

NOITE VAZIA... / Junior Muccillo

POEMA DO AMIGO JUNIOR.

Vento uivante... 
Ouço o barulho a penetrar 
Pelas frestas de minha janela 
Ao som de aquarela... 
Como uma canção de ninar. 
Adormecido... 
Vejo um mundo encantado, 
Um belo som apaixonado, 
É minha sereia a cantar; 
Mas não a vejo 
Não a sinto. 
Tento achá-la, não consigo. 
Ouço apenas as ondas fortes do mar, 
Em sua plenitude a balançar. 
Com o pulsar do meu coração, 
Vejo estrelas no céu, ilusão! 
Noite vazias, tempos iguais... 
Apenas um sonho! 
Magia... Nada mais




Nenhum comentário:

Postar um comentário