domingo, 5 de dezembro de 2010

Os filhos dos abusados

O que acontece com os filhos de abusados? Somente duas coisas: ou conhecem a verdade ou permanecem na ignorância. No meu caso, optei pela verdade. Principalmente pela puberdade precoce da minha filha e da rápida mudança do seu corpo. Não poderíamos mais permitir ela ver o avô, mas precisávamos dar uma explicação, já que eles tinham adoração por ele. Sim, meu pai que me violentou e sempre me aterrorizou, era um ótimo avô.
Consultamos psicólogos e eles foram unânimes em relação a verdade. Explicamos para as crianças o porquê não iriam mais ver os avós. A reação foi imediata...Meu filho repudiou o avô, ao ponto de não aceitar mais presentes dele e dizer que o avô para ele estava morto. Minha filha amadureceu depressa demais...Foi o preço que tivemos de pagar.
Quando meu pai faleceu, nenhum dos dois chorou ou teve qualquer reação. Nunca mais falaram nele. O bom de toda essa história é que eles entenderam o porquê da minha depressão e das minhas doenças. E me ajudaram...a cada dia...aos poucos a me reerguer.
Acho que precisamos ser sinceros com os nossos filhos, pois a sinceridade é confiança e a confiança é amor. Meus filhos atravessaram momentos difíceis e traumatizantes, mas superaram. Em nenhum momento o fato de saberem a verdade os prejudicou na escola. Continuaram e continuam entre os primeiros. São bem informados, politizados, porém muito amadurecidos para a idade. Mas sabemos que a verdade lhes fez bem e eles sabem que sempre podem confiar na gente, assim como nós confiamos neles.
Não sei como outros casais convivem com isso (casais, cujo alguém foi abusado). Porém a verdade promoveu a união da nossa família, semeando paz, respeito e amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário