terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Depressão

Hoje em dia a depressão passa a ser um mal sofrido por milhões. O que antes era considerado "frescura", hoje é considerado uma doença. Doença essa que acaba por envolver não só a parte emocional, como também a física. Doença que monta a sua armadilha em volta da pessoa e a enreda totalmente.
Sofro de depressão desde os meus 16 anos. Na época, meus pais não admitiam a doença e, psicólogo para eles era aquele que não tinha mais o que fazer. Só quem sofre dessa doença sabe como a ajuda profissional é necessária. Não só os remédios, mas também a terapia.
Entrei em algumas comunidades do orkut que lutam contra a depressão e me senti "em casa". Como foi bom saber que o fato de eu não conseguir trabalhar, por não ter forças de assumir compromissos, milhares de pessoas sofrem. O meu pensamento sobre a morte não é tão incomum. E o preconceito por ser depressiva, não o sofro sozinha.
Quando a depressão vem, a primeira coisa que acontece é eu deixar de fazer as coisas que mais adoro: ler, ver TV, ouvir música. A família fica de lado, o que me deixa um sentimento de culpa e impotência. Fico arrasada emocionalmente, tenho crises de choro e minha estima fica a zero. Fisicamente (o que acontece ao mesmo tempo) fico dias sem dormir, não tenho apetite e minha imunidade fica baixa. Muitas vezes, por causa do mal estar físico, fico semanas de cama. E o pior: sem fazer nada. Já tomei remédios, já fiz terapia. Mas o organismo se acostumou às drogas e a terapia, após algum tempo, não faz mais sentido. Aliás, levantar-se, vestir-se e ir até o terapeuta é que é o problema.
Hoje em dia consigo "controlar" melhor as crises de depressão. Fazer trabalho voluntário, manter o blog ajuda muito. Mas sei, infelizmente, que não há cura. Que terei de conviver com ela até o fim. Que os remédios , a terapia são paliativos. Na verdade, a fé e a esperança é que são os verdadeiros remédios que aliviam. Não só a fé religiosa, mas a fé nas pessoas, nos entes queridos que te cercam. E a esperança de passar o dia normalmente, e não "jogada" na cama.
Depressão para mim (e muitos outros) significa viver um dia de cada vez. Esquecer o fracasso de ontem e não idealizar o amanhã. Simplesmente viver o hoje.

4 comentários:

  1. Bya ,seu blog muito tem me ajudado..Ainda esta postagem sobre depressão..Deus te Abençoe e de forças,pq no meu cado ...somente ele,pois remedios terapias ,pareçe q não tem mais feito efeito e eu tbem não quero me recuso a viver escrava de drogas,nasci bem ,e agora tenho q tomar estes montes de remedios para ter um dia mais ou menos,,nossa sofro ainda mais qdo coloco um cpmprimido na boca..Bjus Bya

    ResponderExcluir
  2. Mara,acabo de sair de uma crise. Fiquei uma semana de cama. Muita força para você. Beijos, Bya.

    ResponderExcluir
  3. Bya Deus esteja te Guardando..te dando forças cobrindo vc..com o consolo dele...pois somente ele sabe o q realmente passa em nossas mentes e corações..Fique bem..força..Bjus Oldeneide

    ResponderExcluir